quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Qualquer Coisa de Bom

Qualquer Coisa de Bom 

Autor: Sveva Casati Modignani
Data de Publicação:
Editora: Edições ASA
Páginas: 352
ISBN: 9789724142272

Sinopse

A leitura do testamento de Alessandra Pluda Cavalli vai provocar um tremendo choque ao seu marido, Franco, e aos seus três filhos. A parte mais substancial do património vai na verdade para Ludovica Magnasco, porteira do prédio em que vive a família Cavalli. Ludovica, a quem todos chamam Lula, sente-se igualmente perturbada por este legado, cujo significado não consegue alcançar. Lula, que tem tido a sua conta de adversidades, é amada e respeitada por todos os moradores do prédio graças à sua inteligência e bom carácter. Mas tal não é suficiente para explicar o que terá levado Alessandra a deixar-lhe aquela fortuna. Certamente que não foram as pequenas delicadezas com que por vezes Lula a agraciava, nem tão-pouco as confidências que trocavam. A explicação, que tem as suas raízes num segredo de família desde sempre guardado com zelo, afecta-a e perturba-a, mas não altera as suas convicções: o dinheiro só nos ajuda a viver melhor se o usarmos também para nos tornarmos úteis ao próximo. A indicar-lhe o caminho certo está agora o acaso, que cruza o seu destino com o do fascinante Guido Montini, um reputado veterinário dedicado a acções de voluntariado. Juntos formam um casal magnífico e têm a possibilidade de fazer algo de verdadeiramente bom...


Li já alguns livros desta autora e como sempre não nos sentimos defraudados nas expectativas. O nível da sua escrita é superior à média assim como todo o enredo é bastante coeso. Neste caso, temos uma herança que inesperadamente é deixada à porteira do prédio. Descobrimos que em parte será para castigar os herdeiros de Alessandra, mas com o decorrer da história, percebemos que as histórias destas personagens unem-se antes de estas se conhecerem. Sveva Casati Modignani intercala os capítulos do presente com capítulos que nos descrevem a infância e a juventude das várias personagens. Aos poucos Ludovica descobre o amor, descobre a sua história e vê-se perante o dilema do que deverá fazer com a herança. Uma agradável historia para lermos durante o verão.

3 comentários:

Angelina Violante disse...

São sempre daqueles livros que nos aconchegam o coração.

Paula Gomes disse...

Nunca li qualquer livro desta autora. Penso que este poderá ser uma boa opção.

Marta disse...

Este livro é daqueles que uma pessoa lê num instante, não só devido ao seu tamanho, como também graças à história. É muito ligeira e de linguagem corrente.