quarta-feira, 31 de agosto de 2011

O Despertar da Magia

O Despertar da Magia

Autor: George R.R. Martin
Data de Publicação: 2008
Editora: Saída de Emergência
Páginas: 416
ISBN: 9789896370480

Sinopse

Quarto volume de As Crónicas de Gelo e Fogo, a saga de fantasia mais vendida, elogiada e premiada dos últimos 50 anos, e a única obra de fantasia a conseguir o primeiro lugar do Top do New York Times.
Esta é uma saga de grande fôlego, que vai buscar à realidade medieval a textura e o pormenor que conferem dimensão e crueza a um universo de fantasia tão bem construído que faz empalidecer a Terra Média de Tolkien. Martin é um especialista na manipulação das expectativas dos leitores e, profundo conhecedor do género, não deixa de estender sucessivas armadilhas com as quais desarma os tropos que o leitor pensa reconhecer a cada página. O épico de fantasia que toda a Fantasia Épica gostava de ser.

Para quem ainda não conhecer esta série - As Crónicas de Gelo e Fogo - estamos a falar de uma das séries com mais sucesso nos últimos anos, alguns chegam mesmo a compará-la a O Senhor dos Anéis do J.R.R. Tolkien. Obviamente isto é discutível, mas o que se pode dizer com certeza é que é uma belíssima obra que tem cativado milhões por todo o mundo, uma obra de fantasia numa época medieval, com um enredo que se baseia em casas senhoriais e em lutas pelo poder e pelo reino. Numa primeira análise e até ao final do segundo volume, podemos dizer que se trata de uma obra passada na época medieval, sem que se identifique o território onde esta se desenrola, mas Martin introduz os dragões no fim o que nos remete para uma obra de fantasia.

As traduções de cada livro estão a dar origem a dois volumes na edição portuguesa. O autor neste momento acaba de editar o quinto livro da série que será composta por sete, por cá temos 8 livros publicados pela Saída de Emergência, onde a primeira parte do quinto livro saíra no dia 9 de Setembro.

Recentemente o primeiro e segundo livro, da edição portuguesa, foi adaptada para televisão dando origem a 12 episódios daquela que será a primeira série, já exibida nos Estados Unidos e que é bastante fiel à obra que lhe está na origem, apesar de terem sido feitas alterações para melhor adaptar e fazer funcionar a história no pequeno ecrã.

Em o Despertar da Magia (quarto livro na edição portuguesa), segunda parte do livro do Fúria dos Reis no original, o enredo centra-se nas batalhas que se travam por todo o reino. Com vários pretendentes ao trono os apoios das casas senhoriais vão mudando em função das melhores ofertas. A casa de Theon Greyjoy assumirá uma importância crescente neste livro, assim como a própria personagem terá pela primeira vez capítulos dedicados a ele. Tyrion Lannister é sem dúvida uma das personagens mais divertidas da série (funcionando como uma espécie de alter ego do autor). Catelyn Tully reforça a sua importância, demonstrando ser uma mulher impressionante que tem aqui um duplo papel, de mulher e mãe que tudo fará para apoiar os seus filhos. Catelyn toma Brienne of Tarth como sua cavaleira, outra personagem forte e com características pouco comum. No norte Bran Stark recebe visitas e faz novas amizades começando a descobrir que os sonhos que tem, são muitos mais que meras lucubrações do inconsciente.

A Patrulha da Noite avança para lá da muralha para descobrir que mistérios rodeiam quer os outros quer os selvagens. Jon tal como Sam vão na expedição, protagonizando um sem números de aventuras que passarão a ser o dia a dia dos jovens patrulheiros.






5 comentários:

Angelina Violante disse...

Eu também ando a ler esta série, mas como a trago da biblioteca tem recuos e avanços, pois os livros são muito requisitados, nunca mais chega a minha vez de ler "A Tormenta das Espadas" é o próximo volume da minha leitura desta série.

É uma série muito boa, não sei se se pode comparar com O Senhor dos Anéis, pois embora tenha visto os filmes (mais do que uma vez até), com muita vergonha minha tenho cá em casa os livros há que anos mas nunca lhes peguei, tendo só lido "O Hobbit" e "O Silmarrilion".

Álvaro de Sousa Holstein disse...

Já leste dois fundamentais para o entendimento do Senhor dos Anéis e o Hobbit é uma delícia.

Jacqueline' disse...

Nunca li O Senhor dos Anéis, mas gosto muito desta série :) Estou no 6 volume, e concordo contigo. Até ao Despertar da Magia, tinha alguma dificuldade em considerar-la realmente do género fantástico. Mas depois desse volume (que até agora foi o meu preferido) não. É uma fantasia diferente da que estou habituada a ler, porque o mais parecido que me lembro será Eragon, e não têm nada a ver..
Já agora o 5º e 6º volumes são também muito bons, para mim, o 5º é muito melhor que o 3º, resta saber se gostarei mais do 6º do que do Despertar da Magia...

Marcelina Gama disse...

@Angelina - Também li o Hobbit e gostei bastante. Mas não gosto nada de comparar as duas series, acho que são obras distintas, esta é mais fácil de ler, mas O Senhor dos Anéis é bastante mais complexo.
Para já estou a adorar esta.

@Jaqueline - Estou agora a terminar o 5 volume e sem dúvida que é muito melhor que o 3º. O 3º e o 4º foram um pouco cansativos, interessante, mas de leitura mais lenta. Este 5º volume devorei-o. :)

Ash disse...

Eu tenho para ler...tenho já 5 livros! Pelos vistos ainda vamos ter muitos mais...