quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Cemitério dos sem nome

Cemitério dos sem nome

Autora: Patrícia Cornwell
Data da Publicação: 1999
Editor: Editorial Presença
Páginas: 308
ISBN: 9789722325141


Sinopse
"Aquela véspera de Natal ficara marcada pelo aparecimento do cadáver de um jovem mulher num dos muitos recantos do Central Park. Kay Scarpetta, a detective dos policiais de Patricia Cornwell, fora chamada para resolver o caso. Um caso que afinal envolveria um dos mais temidos serial-killers da América com quem Scarpetta já se tinha violentamente defrontado. Mas desta vez, Scarpetta começara a receber sinistras mensagens informáticas que indiciam que seria ela a próxima vítima daquele cruel assassino... Mais um inteligente policial da genial Patricia Cornwell a enriquecer a colecção O Fio da Navalha."

Um livro que ao contrários dos outros que li da mesma autora, não me interessou. Não cativou e chegou a aborrecer. Neste livro a autora não nos mostra só o serial-killer inteligente e sádico, mas dá-nos também a conhecer mais um pouco da personagem principal - Kay Scarpetta, assim como os seus amigos, amantes e familiares. 
Obviamente o assassino tem como obsessão a doutora e como tal ela e todos os que a rodeiam correm perigo. É neste ponto que tudo começa a aborrecer, é excessivo a tentativa da autora mostrar que o livro podia ser mais que um policial. O que não faz sentido, quando queremos um romance, pegamos num romance, quando queremos um policial pegamos num livro como este e não esperamos muito mais que mortes, mistério e perseguições. Neste livro a autora passa metade do livro a falar das relações da doutora, das suas duvidas, dos seus receios, dos seus medos de que algo de muito mau pode acontecer à sobrinha. Desnecessário e aborrecido.

2 comentários:

Angelina Violante disse...

Os livros que lês desta autora pelo que deixas aqui parecem os da Agatha Christie.
Fiquei curiosa.
Mas por agora tenho tanto que ler que não sei para onde me virar.

Beijinhos

Marcelina Gama disse...

São policiais, mas parecem mais plausíveis. Nos da Agatha Christie parece que só ela poderia resolver o mistério. Nestes nota-se que é tudo mais plausível. Passo a passo a personagem resolve o mistério.

Se decidires pegar num livro dela, não escolhas este ultimo. :( Os outros são mais interessantes.