terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

O grande conspirador

O grande conspirador

Autor: David Liss
Data de Publicação: Outubro 2006
Editora: Saída de Emergência
Páginas: 351
ISBN: 9789728839710







Sinopse
"Condeno-o à morte por enforcamento, Sr. Weaver, pelo hediondo assassinato que levou a cabo.” Ao ouvir a sentença do juiz, Benjamim Weaver, judeu português, antigo pugilista, actual caçador de criminosos e futuro mestre do disfarce, começa um dos dias mais infelizes da sua vida. Atirado para a terrível prisão londrina de Newgate, Weaver terá de empregar a sua considerável energia e inteligência para fugir para as ruas fedorentas da capital. Na sua mente, apenas um desejo: quem se deu a tanto trabalho para o incriminar por um assassinato que não cometeu? E as coisas só vão piorar, como revela David Liss em O Grande Conspirador, uma novela exuberante na Londres do século XVIII, repleta de acção, aventura, humor e uma teia de conspiração que envolve os mais poderosos do império britânico.

Um livro que sempre me suscitou imensa curiosidade pelos ingredientes e época que abordava. Um "caça ladrões", como é designado na obra, português e judeu, vê-se envolvido num assassinato e numa rápida sentença à morte. Os acontecimentos da obra entram em velocidade relâmpago e de um momento para o outro é julgado, condenado e ajudado a fugir. A sinopse não promete mais que um policial e assim é, contudo a descrição histórica fraqueja em vários momentos, assim como por várias vezes mais parece que nos encontramos na Inglaterra da revolução industrial. As descrições são pobres e não conseguem ajudar no envolvimento do leitor na história. A personagem principal, Benjamin Weaver, consegue gerar alguma simpatia, como a maioria dos heróis injustamente acusados e a tentar provar a sua liberdade. Com alguma pena fica a memória de um livro pouco interessante e de um autor que não deverei repetir.

5 comentários:

Angelina Violante disse...

O-ouHHH, e eu que tinha grandes expectativas com este e com O Remédio.

Marcelina Gama disse...

Fui dura com o livro porque as expectativas eram altas. Acho que deves ler na mesma para tirar a tua opinião, no entanto não me cativou nadinha. Foi sorte ter lido o livro antes de ter comprado mais alguns do mesmo autor.

Angelina Violante disse...

Isso é lixado comprar o livro e depois não se gostar, pensava que era emprestado.

Cat SaDiablo disse...

Este é um daqueles autores da SdE que estou sempre a pensar comprar, mas depois vai passando... Há uns tempos um outro livro dele esteve de oferta na promoção 2=3 do site, mas não fui a tempo. Fiquei desgostosa na altura, mas se calhar foi melhor assim.

FLAMES (Mariana e Roberta) disse...

Olá :) Talvez o problema tenha sido mesmo as expectativas elevadas que levavas para com o livro. Eu achei brilhante, quer "A conspiração de papel" quer este "grande conspirador". Pelo menos acho que tem muito humor, e gosto muito de Weaver. Não senti muito a falta das descrições pormenorizadas. Gosto quando acontece muito e o livro não é parado! Acho que quem tem dúvidas deve, na mesma, adquirir ou tentar ler o livro. Vale a pena!

Roberta