terça-feira, 23 de junho de 2009

O Império dos Pardais

O Império dos Pardais
João Paulo Oliveira e Costa

O império dos pardais é um excelente romance histórico escrito por alguém da área, ou seja, o seu autor é um historiador. Normalmente este tipo de incursões de académicos na ficção não dá grandes resultados. Felizmente não foi este o caso. Nele somos atirados, literalmente atirados, para o meio da Lisboa manuelina, plena de pormenores de toda o tipo, chegando-nos o mais das vezes um conjunto de cheiros através da leitura. O risco de uma empreitada destas é o facto de o seu "feitor" ser um historiador pois por certo lhe foi extraordinariamente difícil dosear os dados históricos em detrimento da acção narrativa.

Neste romance o autor apresenta-nos uma história "paralela", onde a espionagem é a peça chave quer do enredo, quer do entorno histórico que o subjaz. As personagens estão muito bem definidas e coerentes, dando-lhes ele um cunho de grande verosimilhança. As personagens centrais Constança, mais tarde Violante, e seu mentor Vasco de Melo transformam a narração numa constante turbulência que não nos deixa pousar o livro. Um romance que se lê de um folgo.

5 comentários:

WhiteLady3 disse...

O autor foi meu professor na faculdade. :P Acho que este é um dos livros a ler, já tenho lido boas críticas, apesar de haver quem se queixe dos diálogos, que parecem ser em português arcaico. :/

Obrigada pela crítica. :)

Ray disse...

Isso nao tem nada em relacao de sua artigo, mas quis dizer que estou muito animado que achei seu blog! Sou um estudante nos EUA que morava no Brasil e sempro estou procurando boa literatura portuguesa/brasiliera. Finalmente tenho um lugar que tem boa informacao!

Ray

Marcelina Gama disse...

WhiteLady3: Parece um bom livro, estou anciosa por o ler.

Ray: Isso é um grande elogio, sinto-me muito lisongeada, volta sempre que quiseres. :D

Homem do Leme disse...

Também li este livro e gostei bastante.

Sílvia disse...

Acabei de ler. Gostei muito, pois para além de me ter proporcionado praser na sua leitura fiquei a saber mais um pouco da nossa tão rica história de Portugal.