segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Eclipse


Eclipse
Stephenie Meyer

Uma pequena grande desilusão. Muito, muito mal traduzido. Fiquei até meia indignada e mal disposta. Pagamos 17 € por um livro, em que quase todas as páginas têm erros. E não me refiro só a gralhas, são erros de conjugação verbal, erros de sujeito, etc. Muito mau mesmo. Existem frases que não se percebem mesmo. O próprio livro não me "soube bem" devido a quantidade de erros. Nunca me tinha acontecido isto com esta dimensão.
Ao tempo que mais leio de Stephenie Meyer, a minha opinião sobre a escrita da autora vai piorando. Nunca achei que ela fosse uma boa escritora, achava sim que ela tinha tido uma boa ideia e que conseguia mantê-la coesa. Pessoalmente gosto de histórias de vampiros e mesmo tendo alguns pontos em que não concordava, achava que a história estava engraçada.
O segundo livro, que na minha opinião estava mais interessante que o primeiro, mostrava-nos um pouco mais das personagens principais.
Neste terceiro livro era necessário começar a haver mais desenvolvimento na acção, havia pontos que tinham de começar a ser resolvidos, e isso foi acontecendo. Algumas personagens contaram as suas histórias, outras começaram mostrar a sua faceta infantil e egoísta.
Mas tudo o resto é muito pobre. Os diálogos entre as duas personagens principais são estupidamente repetitivos. Os acontecimentos são como sempre previsíveis. Há os maus, há os bons e como sempre um final perfeito. Mas o ponto mais irritantes da história e do qual mais discordo, é o contra-senso. Se o amor do casal principal é tão perfeito e intenso como descrito, um amor que supera tudo e todos. Se cada momento que eles passam afastados os magoa intensamente, então a Bella não pode amar duas pessoas ao mesmo tempo! Não faz sentido. Quando cheguei ao fim do livro, fiquei com a sensação de que a autora não sabia como acabar o livro de maneira a ser estrondoso como ela queria, e então começou a enrolar.
Uma pequena grande desilusão. Estava interessada no desenrolar dos acontecimentos, mas este livro deixou-me simplesmente desiludida.

15 comentários:

Canochinha disse...

Não tenho nada a acrescentar ao que disseste, porque partilho plenamente da tua opinião... É mau demais!

Mónica disse...

Também não apreciei a leitura do terceiro volume da série. Acho que foi mais um "encher chouriços" e que muito provavelmente se a autora se tivesse ficado por uma trilogia teria feito bem melhor serviço.

Só vou terminar mesmo a série porque não gosto de deixar nada a meio, mesmo que se avizinhe uma leitura pouco prazeirosa.

Marcelina Gama disse...

Uma desilusão é verdade! :(
17 euros mal gastos. E pensar que ainda não comprei o " Orgulho e preconceito"!
Ai, ai!

Alice disse...

olá! tens um premio no nosso blog. bjs

Calamity Jane disse...

Pois, como tinha dito este foi o livro de toda a saga que menos gostei. Acho que agora já percebes porquê. Eu li o livro em inglês mas deixa lá que nem por isso melhora por aí além.
O Breaking Dawn é mais rídiculo no que diz respeito ao enredo, mas mesmo assim não o achei tão mau nem me desiludiu tanto. Talvez porque por esta altura já sabia que não havia volta a dar.

E já agora, tens 2 prémios á espera no meu blog

Pedro disse...

=((

Eu tenho cá em casa por ler, mas ADOREI "Crepúsculo"!

Rita Mello disse...

Olá, Marcelina!
Tem um prémio no Chocolate para a Alma (http://chocolateparaalma.blogs.sapo.pt/)

PallasAthena disse...

Prémio Dardos para ti no meu blog. Boas leituras ;) ***

Marcelina Gama disse...

Pedro,

O crepúsculo é interessante como historia. O segundo tem também algum interesse, depois disso, é que não vale a pena gastar mais dinheiro...

Alice, Rita Mello e PallasAthena:

Andam-me a mimar tanto... :) Obrigada pelos prémios. Já estão na lista.

Patricia disse...

Eu li o livro em inglês de maneira que não tive o problema com as gralhas. No entanto, é sem dúvida o pior da série. A Bella está sempre certa demais. No entanto o Breaking Dawn é bastante bom, e acaba por ter desenvolvimentos de que não estava à espera :-)

Cantinhos da Surpresa disse...

Voce esta certa é bem cansativo mesmo, os outros são melhores

Livros e Outras Coisas disse...

Mesmo com Muito para Ler, sugeria uma leitura breve do post mais recente do Livros e Outras Coisas. :)

Inaldinho Bastos Filho disse...

Discordo em parte, "Eclipse" sem dúvida é menos cansativo que o volume anterior “Lua Nova” cujas características é o tom depressivo e melancólico da personagem principal. “Eclipse”, por sua vez, segue em outra linha, mais leve e divertida, inserindo boas doses de humor nos diálogos e situações vividas. É verdade que “Eclipse” não disfarça a intenção da autora em fazer render o impasse vivido pelos protagonistas principais. Concordo com você que o ponto fraco é a qualidade duvidosa da tradução para o português, assim como a falta de clareza em vários trechos do romance.

Jacqueline' disse...

Eu detestei Eclipse e Amanhecer. Sempre achei que era uma boa história, mas os 2 últimos são horríveis. A tradução, nem se fala...

Carolina A disse...

Discordo plenamente de todos os comentários aqui feitos. Achei Eclipse o melhor livro dos quatro, pelo seu humor, com um toque subtil de diversão, e pela história cativante que nos leva até dentro da mesma. Além do mais, achei a tradução muito bem feita em todos os livros da saga, que, comparando em simultâneo com a versão original, corresponde totalmente aos textos em inglês.