sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

2012 - Ano da Fantasia & Ficção Cíentifica

Com o sucessivo lançamento de antologias, revistas e fanzines, tratei de fazer a sua lista, a que acrescentei os eventos e tudo o mais relacionado, com a Ficção Cientifica e a Fantasia em 2012, em Portugal. E para os mais distraídos só posso dizer, que grande ano. Mas já lá vamos.

Em Fevereiro dá-se o lançamento da muito esperada Antologia Fantasporto 2012, promovida pelo festival de cinema fantástico do Porto e organizada pelo Rogério Ribeiro. A antologia tinha um concurso associado do qual saiu um vencedor e cinco menções honrosas. Ficou aquém das expectativas a nível de qualidade, verdade seja dita, as expectativas eram altas, quer pelo concurso em que cerca de 100 pessoas participaram, quer pelo facto de estar associado ao mais prestigiado festival de cinema português, quer pelo organizador experiente. Podem encontrá-la por cerca de 14€ o que me parece um preço médio, se tivermos em atenção o evento que é.



Também no início do ano, começam os encontros dos clubes de Leitura Fantástica Bertrand um pouco por todo o país, com início em Lisboa, rapidamente chegam ao Porto, a Braga e a Coimbra. Em Lisboa com especial sucesso, com vários escritores como convidados para falarem das suas obras e experiências.

Outra antologia esperada desde 2010 foi a Vollüspa, esta organizada pelo Roberto Mendes e editada pela HMeditora, teve como objectivo juntar a experiência de autores consagrados, com novos autores. Foi falada em inúmeros sites estrangeiros e nacionais, assim como esteve presente na Croácia na EuroCon. Tem uma capa fantástica e contos que oscilam entre os fraco e o muito bom. Infelizmente não teve a distribuição que os autores desejariam, ficando-se pela encomenda pelo site, com portes grátis. A antologia encontra-se a 13€ no site da editora.


Também a Bang! em parceria com a Fnac, viu dois dos seus números (nº 12 e 13) ver a luz do dia durante 2012. É uma revista de distribuição gratuita, trimestral/quadrimestral, que podem encontrar em qualquer Fnac e que além de vos mostrar quais os livros que a editora responsável pela sua saída (Saída de Emergência)  tem no seu catálogo, também tem alguns contos, entrevistas e artigos. Neste momento podem encontrá-las para download no site da editora.

 

Em Março sai a Nanozine número 5. A e-zine foi uma das mais regulares, lançando quatro números durante o ano de 2012. Com capas muito diversas e preços também oscilantes, a Nanozine, versão papel, pode ser encomendada através da EuEdito. Infelizmente os portes da gráfica são um pouco altos. Podem também fazer o Download no site da e-zine e no calaméo.



Em Abril sai a Fénix número 1 criação do grupo Fénix, com Roberto Mendes como director convidado. A Fénix número 1 esteve à venda por 2,50€ e como boa fanzine que é, apenas via correio (sem custos adicionais). Tem contos, artigos e entrevistas e a capa em papel é bem mais bonita do que aqui aparenta. Esteve presente na Croácia na EuroCon de 2012.


Também em Abril é lançada a antologia «Os Anos de Ouro da Pulp Fiction Portuguesa», organizada pelo Luís Filipe Silva, editada pela Saída de Emergência. Uma antologia que teve uma boa divulgação e que também teve o seu quanto de polémico, quando a maioria dos leitores e da crítica, não se aperecebeu que a antologia se tratava de um "faz de conta" e que todas as biografias e textos não existiam, mas sim, que eram o resultado de um concurso de 2010. A antologia está com uma paginação bem conseguida, e encontra-se agora à venda por 15€


Em Abril arranca também um novo projecto de Roberto Mendes, ISF - International Speculative Fiction, desta feita um projecto em inglês, com uma equipa multi-cultural que pretende publicar autores não anglófonos em inglês. São números pequenos, com cerca de três contos cada, desta iniciativa saíram dois exemplares em formato digital. Encontram-se para download gratuito no site da ISF. Este e-zine encontra-se também aberto a receber submissões, desde que estes sejam em inglês. O número 3 saíra ainda este mês.




Infinitamente Improvável, um blog criado por Jorge Candeias, onde autores publicam contos infinitamente improváveis, editou uma antologia com os contos publicados no site.


Em Setembro teve lugar a EuroSteamCon no Porto, primeiro evento do género por cá, com lançamento de um Almanaque Steampunk 2012.


Por esta altura a Fénix renasceu e foi publicitada a capa da Fénix número 2. Foi também distribuída uma versão Ashcan da mesma, com excertos dos contos que farão parte da mesma. Entretanto já foi publicitada a capa final, assim como a lista de autores e colaboradores. Com banda desenhada  contos e entrevistas, será um número a não perder e que sai já na próxima semana, como prenda de Natal.


Novembro é mês de muita actividade no fandom. Houve vários lançamentos, eventos e workshops de escrita criativa. Realizou-se o Fórum Fantástico em Lisboa, com uma estrutura semelhante aos anos anteriores.


A Trëma foi um dos projectos lançados no Forum Fantástico, revista organizada por Rogério Ribeiro, Ana Baptista e João Campos. A capa é de Luís Campos. A revista tem o preço de 5€ e pode ser encomendada via email, recebendo-a por correio, sem custos adicionais.


Também a Lusitânia viu o seu primeiro número ser lançado ao mundo durante o Forum Fantástico  Este projecto pretende explorar a temática do fantástico no ambiente tipicamente português  A equipa é constituída pelo Carlos Silva, Alexandra Rolo, André Pereira, Luís Carreto e António Oliveira. A revista encontra-se disponível no site EuEdito por 2€, como os portes são caros, como já referi, aproveitam e mandam vir esta e as Nanozines.


 A antologia Electropunk - Lisboa no ano 2000, organizada pelo João Barreiros e editada pela Saída de Emergência teve destaque no mesmo evento.


Também em Novembro deu-se a segunda edição do colóquio sobre ficção científica e fantasia na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, Mensageiros das Estrelas. Onde também foi lançado uma antologia com o mesmo nome.


Pelo fim do ano, Roberto Mendes foi buscar dois dos seus projectos mais antigos do fundo da gaveta e lançou a Dagon e o Conto Fantástico em formato digital.Os dois projectos estão a ser produzidos em simultâneo e sem grande diferença temporal entre eles, o que me parece um pouco temerário e tem-nos presenteado com belas capas. Ainda durante Dezembro a Dagon irá ter um novo número.
.




Quase me esquecia de referir que o G. R. R. Martin veio novamente a Portugal e que desta vez as filas de autógrafos eram bem maiores que da primeira vez. Para quem não conhece, é o autor de uma saga bastante conhecida, adaptada a televisão: A guerra dos tronos.

Fazendo as contas por alto, e provavelmente com algum esquecimento não intencional pelo meio, em 2012 houve, 6 antologias, 3 eventos e cerca de 16 números de revistas/fanzines.

5 comentários:

Morrighan disse...

Post fantástico, sem dúvida!
Autorizas-me a um dia destes num post colocar o link para este?

Beijinhos

Marcelina Leandro disse...

Olá Morrighan,

Claro que podes.

Bj

Vicky disse...

Obrigada por este post :)

Marcelina Leandro disse...

Olá Vicky,
ainda bem que gostaram do post, foi divertido escreve-lo.

:)

rui alex disse...

E este ano também viu nascer o projecto do Fantasy e Co.

Realmente foi um ano fantástico para os autores e leitores do género.