quarta-feira, 25 de abril de 2012

O Diário da tua Ausência

Autor: Margarida Rebelo pinto
Data de Publicação: Setembro de 2007
Editora: Oficina do livro
Páginas: 131
ISBN: 978-989-555-268-9

Para quem não acredita no significado da palavra amor.
Para quem não acredita que,nos dias que correm,aindaé possivel amar e ser amado.
Um teste à capacidade do ser humano de amar, sem fronteiras, sem barreiras, sem pensar no amanhã...
Desfrutar cada momento, cada pedaço de tempo e saborear esse sentimento, esse tal chamado amor.
Umlivro onde se sente e se respira em cada página que se vira o sentimento, a dor, a saudade...
Diario da tua Ausencia representa tudo o que ainda existe de verdadeiro, puro e limpido num ser humano.
Amar ainda é possivel, mesmo à distancia, mesmo que não haja toque de pele, mistura de cheiros, caricias trocadas entre linguas...
No fundo, não passa de um desabafo de uma mulher perdidamente apaixonada, de uma mulher que sente e respira esse amor em cada poro do seu corpo.
Uma mulher que vive esse amor vinte e quatro horas por dia, que sente esse homem dentro do seu corpo, debaixo da sua pele, entranhado no seu cheiro.
Faz nos pensar nas mil e uma discussões que existem quando se fala na guerra dos sexos.Será possivel que um homem tenha esta capacidade de amar?Ou será um sentimento só vivido pelas mulheres? Porque somos mais sensiveis? Mas os homens também amam ou só nos desejam, só gostam de nos possuir?
Porque é que a mulher tem a capacidade de lutar contra tudo e contra todos por um amor e o homem prefere se afastar? Afastar se pela distancia que os separa? Afastar se porque não é o momento, a altura própria para amar, para se deixar amar? Afastar se porque está chuva e não sol? Tem medo de viver? Tem medo de amar? Porque se julgam o sexo forte? É tão bonito amar e ser amado, é tão bonito sentir desejos e saudade e carinho e amor! Diáro da tua Ausencia é um livro dedicado ao amor, é um livro que apela ásmulheres para não terem medo de amar e para os homens acreditarem que é possivel ser amado por uma mulher.


Não posso dizer que não gostei, nem que gostei simplesmente li-o e fiquei na mesma, lol.
É um daqueles livros que nem sei o que diga apanhei-o aqui há una anos em promoção e se não fosse para trocá-lo nem tão cedo lhe pegava, mas ainda bem que já vou despachá-lo só espero que quem vai ficar com ele goste mais da leitura do que eu.
Lê-se bem não me deixou maçada, mas fica um vazio que não se preenche e ao contrário dos outros tive de o ler em voz alta, confesso que gostei de musicalidade de algumas partes, mas confesso que não interiorizei nada, basicamente é um relato de queixumes sem lhe querer dar essa forma tentado fazer como se fosse um diário mas o assunto é basicamente o mesmo o rapaz só se quer divertir não quer nada sério mas ela não perde a esperança e depois perdem o contacto pois ele corta a relação e ela chora-se no livro.

1 comentário:

PretoeAzul disse...

Oi, também li o livro, e ao contrário de ti até gostei, mas só porque me identifiquei com a história. Se não fosse por isso, também não o tinha achado nada de jeito lol. Encontrei o teu blog enquanto procurava uma imagem do livro para fazer 1 post no meu blog. Comecei-o à pouco tempo e como gosto de ler vou lá por livros tbm. Gostei do teu blog :)

http://pretoeazul.blogspot.pt/2012/10/diario-da-tua-ausencia-margarida-rebelo.html